Você está se rendendo à dieta Low Carb, mas quer saber se realmente ela é tudo que andam falando por aí? Então esse post foi feito para você! Vem entender tudo e mais um pouco sobre essa dieta que é quase um novo estilo de vida!

Afinal, o que é a dieta Low Carb?

Se você busca cuidar do seu corpo e emagrecer, essa é uma dieta super recomendada. No bom português, Low Carb significa pouco carboidrato e é exatamente essa mudança na porcentagem de ingestão de carboidratos que vai revolucionar as respostas do seu corpo na balança.

Numa dieta convencional, estima-se que a ingestão de carboidratos esteja entre 50 e 60%, já a Low Carb sugere que esses níveis sejam reajustados e caiam para 15 a 20%. Essa redução gera benefícios incríveis para o seu corpo – que vão além do emagrecimento.

 

Quais hábitos alimentares mudar para aderir à dieta? 

A dieta Low Carb deve ser baixa em carboidratos, moderada em proteínas e alta em gordura. Sim, isso mesmo: alta em gordura. Sua nova alimentação precisará de uma nova fonte de energia. Por isso, você precisa optar por alimentos que contenham a gordura boa e sejam ricos em proteínas, como:

  • Frutas, verduras e legumes;
  • Carne, frango e peixes;
  • Queijos;
  • Ovos;
  • Azeite, óleo de coco e manteiga;
  • Nozes, amêndoas, avelãs, castanha-do-pará;
  • Sementes em geral, como chia, linhaça, girassol e gergelim;
  • Água, de 2 a 3 litros por dia.

 

A dieta Low Carb gera muitos benefícios ao corpo? 

Além de contribuir (e muito) para a perda de peso, uma dieta com carboidratos reduzidos gera prevenção da obesidade, hipertensão e AVC e ainda controla os níveis de triglicérides e glicose.

 

Pontos de alerta! 

É muito importante se atentar para o fato de que Low Carb NÃO é No Carb. Essa dieta ainda prevê que você ingira uma quantidade de carboidratos na dieta. O corte total do carboidrato na dieta pode causar baixa energia, fraqueza, sono e alterações de humor. Pontos que vão afetar o seu dia a dia de forma bem negativa.

É bem importante evitar alimentos processados, embutidos e óleos vegetais industriais.

É claro, que para encontrar o equilíbrio correto e ideal para a sua dieta perfeita, você deve consultar um nutricionista e sempre fazer um acompanhamento dos seus exames.

 

Dicas de cardápio

Ficou empolgado, mas não sabe por onde começar? Anote essas dicas preciosas:

  • Priorize alimentos naturais.
  • Evite: açúcar refinado, grãos (especialmente o trigo), alimentos processados, bebidas zero o light.
  • Pesquise receitas. Dá para ir muito além do que você está acostumado a cozinhar. Abra a cabeça para novas possibilidades e descubra que existem cardápios deliciosos que podem ser montados para a dieta Low Carb.

Partiu nova dieta? Não deixe para amanhã o que você pode começar hoje (ainda que hoje não seja segunda-feira)! 

 

Deseja comer melhor para viver bem?

 

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here