Bioimpedância:o que é ?

O teste de bioimpedância é um método de alta precisão na avaliação da composição corporal, que permite medir e calcular 6 diferentes biomarcadores.

Conhecendo a composição corporal de cada praticante, o professor, o personal trainer e o preparador físico podem planejar e redesenhar os treinos para que os objetivos de emagrecimento e definição muscular possam ser alcançados mais rapidamente.

Bioimpedância: como é o teste ?

O teste consiste na colocação de  dois pares de eletrodos adesivos  (na mão e no pé direito do examinado), que permitem que uma corrente elétrica de baixíssima intensidade  passe pelo corpo.

Biomarcadores

São os indicadores do estado fisiológico do organismo, medidos e avaliados na bioimpedância. São eles:

Gordura

Gordura Corporal na bioimpedância
Gordura Corporal na bioimpedância

A gordura corporal revela aspectos importantes da saúde de uma pessoa. O local onde a gordura se acumula pode indicar algumas situações que requerem cuidados:

  • Na  barriga, o excesso de gordura pode estar relacionado a problemas adrenais e resistência à insulina. Nos homens pode decorrer de baixos níveis de testosterona.
  • Nos quadris, a gordura acumulada pode ter relação com desequilíbrios hormonais (em especial o estrogênio).
  • Distribuído pelo corpo todo, o excesso de gordura pode ocorrer em função de dieta inadequada, sedentarismo ou distúrbios metabólicos como diabetes, resistência à insulina ou síndrome metabólica.

O ritmo saudável de perda de gordura é de 0.5kg a 1kg por semana. Na primeira e segunda semana pode existir uma perda maior de peso por causa da perda de água retida.

Hidratação

Hidratação
Hidratação

Considera-se saudável uma hidratação de 50%, sendo o ideal entre 60 e 65%. O nível de hidratação inferior a 50% pode trazer algumas consequências indesejáveis para a saúde:

  • Diminuição da lubrificação das articulações;
  • Danos à pele
  • Queda  da produção de energia
  • Diminuição da função de vários órgãos
  • Cérebro mais lento.

A hidratação insuficiente pode ocasionar efeitos negativos no ganho de massa muscular:

  • A absorção dos macro e micronutrientes ingeridos fica comprometida.
  • Uma desidratação de apenas 1,5% já pode resultar em perda de força muscular;
  • A desidratação favorece um estado de catabolismo (destruição de proteínas) ao invés do anabolismo (construção muscular).

Quem deseja emagrecer também deve beber muita água. Se o corpo não estiver bem hidratado, não conseguirá utilizar eficientemente a gordura como fonte energética.

Massa magra e Massa muscular

Massa magra e massa muscular
Massa magra e massa muscular

Além de proporcionar melhor estética corporal, a massa muscular está envolvida em uma série de processos fisiológicos importantes:

  • produção de energia
  • equilíbrio hormonal
  • regulação parcial dos níveis de açúcar no sangue
  • influência no sistema imunológico

A quantidade de massa muscular que uma pessoa apresenta pode ainda revelar outros fatores que acontecem dentro do seu corpo. Exemplos:

  • Pessoas muito doentes ou com inflamação perdem massa muscular, que pode ser usada como combustível.
  • A absorção de proteínas pode ser diminuída devido a algumas doenças.

Água Intracelular e Extracelular

O ideal é a distribuição de 60% de água intracelular e 40% extracelular.

Dentro da célula,  quando há baixos níveis de água:

  • Cai a produção de energia
  • Diminui a função de vários órgãos
  • Podem haver alterações na regulação do açúcar e de vários hormônios.

Fora da célula, quando há excesso de água, pode haver aumento da inflamação e das toxinas circulantes.

Saúde celular (Ângulo de Fase)

O ângulo de fase é um indicador do estado de nutrição, hidratação e integridade das células. Está associado ao tamanho celular, à hidratação dos tecidos  e à permeabilidade das membranas.

Taxa Metabólica Basal e IMC

Taxa Metabólica Basal e Índice de Massa Corporal
Taxa Metabólica Basal e Índice de Massa Corporal

A Taxa Metabólica Basal é o índice que revela a quantidade de energia que cada pessoa gasta enquanto dorme. Ela varia de acordo com a idade, sexo, fatores genéticos, peso, altura, quantidade de massa muscular e frequência de atividade.

O Índice de Massa Corporal (IMC) é determinado pela divisão da massa do indivíduo pelo quadrado de sua altura. É uma medida internacional usada para calcular se uma pessoa está no seu peso ideal.

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here