Vamos falar sobre câncer de mama? Todos os anos, o mês de outubro é dedicado à campanha Outubro Rosa que traz à tona o combate ao câncer de mama, conscientizando toda a população da importância de prevenção à doença. Se você é mulher ou tem uma mulher muito importante em sua vida, este artigo é pra você!

Sobre o câncer de mama

É uma doença causada pela multiplicação de células anormais na mama, formando um tumor. Ele é o tipo de câncer mais comum no mundo e no Brasil entre mulheres, depois do de pele. Também acomete homens, mas representa apenas 1% dos casos.

Sinais e sintomas

É sempre muito importante conhecer seu próprio corpo e observá-lo. Ao notar qualquer diferença, vale procurar um médico. Os principais sinais e sintomas são:

  • Nódulo endurecido e, geralmente, indolor.
  • Alterações nos mamilos.
  • Pele avermelhada, retraída ou parecida com casca de laranja.
  • Saída espontânea de líquido dos mamilos.
  • Nódulos na região da axila ou pescoço.

Para estar sempre certa de que não há nada de errado, é legal fazer o autoexame sempre que você se sentir confortável e estar com os exames preventivos em dia. Os dois exames são essenciais e não excluem um ao outro. O autoexame permite que a mulher conheça seu próprio corpo e reconheça qualquer diferença, mas detecta nódulos maiores. A mamografia é mais precisa, sendo capaz de identificar tumores a partir de 2 a 3 mm. Segundo a Sociedade Brasileira de Mastologia, a partir dos 40 anos, as mulheres devem fazer o exame anualmente. Já as que têm histórico de câncer de mama na família precisam realizá-lo regularmente após 30 anos.

Quando detectado no estágio inicial, a chance de cura pode chegar a 98%. Por isso, não deixe de se cuidar!

câncer-de-mama

Como prevenir?

Os casos de câncer de mama podem ser evitados com a adoção de hábitos saudáveis, como:

  • Evitar o consumo de bebidas alcoólicas
  • Manter o peso corporal adequado.
  • Alimentar-se de forma saudável.
  • Amamentar.
  • Praticar atividades físicas regularmente

Câncer de mama: exercícios físicos podem ajudar?

Os exercícios físicos podem estar presentes em todos os estágios quando o assunto é câncer de mama. Na prevenção, ajudam a manter uma rotina ativa, saudável e a regular o peso.

Durante o tratamento, pesquisas científicas apontam que melhoram o funcionamento do corpo, diminuem a sensação de fadiga causada pela quimioterapia, diminuem a ansiedade e aumentam a autoestima. Além disso, também ajudam a manter a composição corporal adequada, diminuindo a perda de massa muscular e mantendo o coração em bom funcionamento.

Após o tratamento, depois de ter passado por tantas dificuldades e mudanças, o esporte se torna um aliado na recuperação não só do corpo, mas também da autoconfiança. Para completar os benefícios, a prática física durante e após o tratamento pode diminuir o risco de recorrência da doença.

Importante: Sempre conversar com o médico antes de começar qualquer atividade física.

Esperamos que esse artigo tenha despertado em você o desejo de se cuidar! Junte-se a nós e apoie a causa do Outubro Rosa também! \o/

Clique no botão e agende uma visita.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here