Quem leva a rotina de exercícios a sério sabe que não adianta muito se esforçar na academia se não caprichar na alimentação ao longo da semana. Definitivamente, exercícios e alimentação regrada são melhores amigos.

Nesse cenário, é importante redobrar a atenção para o que você anda colocando no prato. Geralmente, os grandes aliados dos apaixonados por academia são as proteínas, especialmente de origem animal, que ajudam no ganho de massa muscular. Mas, isso acaba gerando muitas dúvidas para os adeptos do vegetarianismo e veganismo, que restringem parcial ou totalmente o consumo de alimentos de origem animal.

E aí, academia e dieta vegetariana combinam?

Os vegetarianos e veganos têm o desempenho prejudicado na academia  por causa da alimentação? Fique tranquilo. A sua capacidade aeróbica não vai ser afetada pela sua dieta vegetariana/vegana. Porém, é necessário que você tenha todas as suas necessidades nutricionais atendidas para alcançar os resultados esperados e evitar a dificuldade no ganho de massa muscular.

Os vegetarianos se saem bem na tarefa de incluir proteína, usando claras de ovos, ricota e outros tipos de laticínios. Os veganos precisam de mais cuidado. Para ambos, a solução é se jogar nos alimentos ricos em proteína vegetal! Além da soja, os cereais, leguminosas e verduras são itens essenciais para compor a dieta dos vegetarianos e veganos.

Balanceando muito bem a alimentação, os resultados esperados na academia vão ser atendidos facilmente. Nós não dissemos que a alimentação é a maior aliada dos exercícios? A dieta vegana/vegetariana tem tudo o que você precisa. Mas caso você esteja com níveis baixos de proteínas no corpo, uma suplementação moderada pode ajudá-lo. Converse com o seu nutricionista!

Pré-treino

No dia do treino, capriche ainda mais na alimentação. No pré-treino, dê preferência para os carboidratos, afinal, seu corpo vai precisar de energia durante as atividades. Por isso, 30 minutos antes de começar, invista num pão integral, aveia ou batata-doce. Eles irão garantir um estoque de glicogênio muscular e hepático que são importantes para o desempenho e evitam o catabolismo muscular. Evite proteínas e gorduras. Elas são difíceis de digerir.

Pós-treino

Para o pós-treino, concentre-se em recuperar o tecido muscular com uma refeição rica em proteínas e carboidratos. Pães integrais, shakes de proteína e banana com amendoim são boas opções! E, claro, muita água. A hidratação do corpo é sempre importante!

Viu? Academia combina, sim, com vegetarianismo e veganismo. Exercício e rotina saudável são para todos! Venha conhecer as nossas unidades e embarque no treino que mais se ajusta à sua rotina. 😉

Clique no botão e agende uma visita.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here