Hopping é o nome de uma aula de condicionamento cardiovascular, muito divertida e bastante intensa, onde os praticantes utilizam botas com molas que proporcionam rebote e amortecimento do impacto sobre as articulações, conhecidas por Kangoo Jumps. A aula de Hopping acontece dentro da academia  e é caracterizada por uma série de deslocamentos e habilidades motoras (com destaque para a marcha e a corrida), seqüenciadas em músicas de velocidade e andamento também distintos, com intervalos de recuperação ativa.

O que há de diferente nesta aula? Segundo Monica Marques, diretora técnica da Companhia Athletica, “Os saltos e saltitos executados  com o sistema de absorção de impacto do equipamento geram grande estímulo proprioceptivo, ativando de forma eficiente os músculos estabilizadores dinâmicos e estáticos para promover equilíbrio. Isso propicia  benefícios posturais, proteção articular e prevenção de lesões, além de contribuir para melhoria da performance em outras atividades atlética e na  vida cotidiana”.

A modalidade Hopping utiliza a força da gravidade de maneira positiva, através do amortecimento e rebote gerados pelo Kangoo Jumps, potencializando a contração da musculatura de membros inferiores e favorecendo a circulação do sistema linfático. Como  benefícios fisiológicos pode-se elencar a melhor nutrição celular, melhor lubrificação articular, melhor nutrição dos discos intervertebrais, e a diminuição da retenção líquida (drenagem linfática natural). E o principal benefício é o emagrecimento: você pode queimar até 600 calorias em uma hora, com muita diversão!

Os principais músculos ativados são os músculos da panturrilha, ísquiotibiais, adutores, glúteos (máximo e médio) e quadríceps (reto femoral, vasto medial, lateral e intermédio). Há também um trabalho intenso dos músculos posturais, com ênfase para os paravertebrais e abdominais.

Você também pode correr usando o Kangoo Jump ! Estudos científicos realizados na Universidade de Lauzanne,na Suíça, mostraram que o uso das botas Kangoo Jump durante a corrida diminui significativamente o impacto lesivo sobre os calcanhares, joelhos e coluna por dois motivos:

  1. O  desenho das botas modifica os efeitos do impacto da força peso sobre as articulações durante os movimentos de corrida.
  2. O corredor prolonga a duração da fase aérea da corrida, diminuindo a quantidade de impactos sucessivos ao percorrer uma determinada distância.

Experimente!

 

Quero experimentar uma aula grátis!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here